Tipos de ralos

Fonte: Ralo linear
Fonte: Ralo linear
O ralo é um elemento da construção civil usado em áreas molhadas, muitas vezes esquecido (principalmente quando não existe projeto arquitetônico bem detalhado ou lembrado somente quando dá problema, de odores ou entupimento), mas que pode fazer toda a diferença na sua obra.
Vamos explicar nesse post os tipos mais comuns de ralos existentes no mercado e como/quando utilizá-los.

As principais funções dos ralos são para conectar os ramais de descarga, também chamados águas servidas ou usadas, aos ramais de esgoto, além disso, servem também para drenar as águas do piso. Para isso o ralo é formado por uma caixa receptora e uma tampa ou grelha.

Ralo seco:

Quando o ralo é seco as águas servidas que descem por sua caixa receptora escoam completamente e, o caminho da tubulação, por não estar mergulhado em água fica livre, deixa espaço para os gases retornarem. Deste modo, os ralos secos são mais propensos a liberar odores no ambiente.
Fonte: Construai

Fonte: Construai

Ralo sifonado:

É quando a caixa receptora do ralo é sifonada,  ou seja, a água da tubulação conduzida até a caixa sifonada fica uma parte ali, antes do sifão, o que impede que os gases que são produzidos em seu interior retornem por essa tubulação, com isso se evita o mau cheiro no ambiente.
Podem ocorrer maus odores também nos ralos sifonados, principalmente se não são higienizados adequadamente, ou se não são usados há muito tempo.
Fonte: Dica da arquiteta

Fonte: Dica da arquiteta

Existem muitos modelos e tamanhos disponíveis no mercado, como o “ralo click” que é escamoteável, abre e fecha com a pressão do pé, também é possível encontrar ralos em cuja tampa pode ser assentado o mesmo material do piso, são os ralos ocultos ou camufláveis.
Fonte: Hidralmarchi

Fonte: Hidralmarchi

Para revestimentos de grandes formatos, principalmente em box de banheiros, recomendamos o uso dos ralos lineares. Esses ficam no canto da parede exigindo assim que todo o piso seja assentado com caimento num único sentido o que possibilita um escoamento mais eficiente da água.
Fonte: Metalferco

Fonte: Metalferco

Se sua casa ainda estiver em construção e quiser optar pelos ralos lineares, estes poderão ser sifonados pois a laje de piso em questão pode ser feita já prevendo sua futura instalação, porém, em caso de reformas a opção será mesmo pelo ralo linear seco.

Dica Archdesign:

  • Em caso de reforma, com alteração de modelo ou tamanho do ralo, é sempre indicado impermeabilizar novamente a borda do contrapiso e do ralo, para evitar possíveis vazamentos.
  • A instalação dos ralos deve ser feitas de modo a não deixá-los nas áreas de maior tráfego, por mais resistentes que sejam, eles não aguentam o tráfego constante sobre eles, mas também precisa estar numa posição onde toda a água consiga chegar até ele sem obstáculos.
Fonte: O azulejista

Fonte: O azulejista

Referências:

http://www.dicadaarquiteta.com.br/2015/06/como-escolher-um-ralo-perfeito.html