ULTRA VIOLET, A COR DO ANO DE 2018

“Complexa e contemplativa, Ultra Violet sugere os mistérios do Cosmos, a intriga daquilo que ainda está por vir e as descobertas que estão além do lugar onde nos encontramos agora. O vasto e ilimitado céu noturno é simbólico do que é possível fazer para continuar a se inspirar no desejo de perseguir um mundo que está além do nosso.”

RGB, CMYK e Pantone

Antes de falar sobre a Pantone é importante entendermos os outros sistemas de cores também utilizados.

RGB

É um sistema de cores baseado em três cores Vermelho (Red), o Verde (Green) e o Azul (Blue). Esse sistema permite que haja facilmente mais de 16 milhões de combinações de cores diferentes. Mas claro que um projeto impresso é diferente de um projeto digital e, portanto, precisa de um outro sistema de cores.

CMYK

Para projetos impressos é necessário um sistema de cores diferente, por isso foi criado o sistema CMYK, criado para simular as coras da mídia impressa na tela do computador.

Esse é um padrão de cores primárias, que, combinadas, formam cores ilimitadas. O nome CMYK vem da abreviatura das cores que formam o sistema que é o Ciano (Cyan), o Magenta (Magenta), o Amarelo (Yellow) e o preto (Black).

Mas porque o preto se as cores ciano, magenta e amarelo juntas também formam preto? Simples, porque em situações em que há muito preto as três cores juntas acabam enrugando o papel pelo excesso de líquido.

Pantone

É uma tabela que mostra diversas cores com uma numeração específica que serve como uma referência exata para a impressora e dessa forma conseguir uma cor pura, sem variação de tonalidade. Ela é muito utilizada em design de produtos, design gráfico, moda e arquitetura,  que precisam de alta fidelidade de cores.

 

Pantone Inc.

É uma empresa sediada nos EUA, mundialmente conhecida por seu sistema de cores, largamente utilizado na indústria gráfica. A Pantone foi fundada em 1962 . Inicialmente, Pantone era uma pequena empresa que fabricava cartões de cores para companhias de cosméticos.

Entre os primeiros produtos estavam os Guias Pantone, que consistiam num grande número de pequenos e finos cartões (aproximadamente com 5 cm), impressos num dos lados com uma série de cores relacionadas e então unidos num pequeno livro. Por exemplo, uma determinada página poderia conter certo número de amarelos variando em luminância desde claro a escuro.

Em teoria, a ideia do sistema Pantone é escolher as cores desejadas dos guias e então utilizar os números para especificar de que forma é que se vai imprimir o output.

A COR DO ANO

Complexa e contemplativa, Ultra Violet sugere os mistérios do Cosmos, a intriga daquilo que ainda está por vir e as descobertas que estão além do lugar onde nos encontramos agora. O vasto e ilimitado céu noturno é simbólico do que é possível fazer para continuar a se inspirar no desejo de perseguir um mundo que está além do nosso. 

Púrpuras enigmáticos também tem sido por muito tempo simbólicos de contra-culturas, do não convencional e do talento artístico. Ícones da música, Prince, David Bowie e Jimi Hendrix trouxeram tons da família do Ultra Violet para a cena principal da nossa cultura pop ocidental, como expressões pessoais da sua individualidade. Expressa em nuances e carregadas de emoção, a profunda PANTONE 18-3838 Ultra Violet simboliza a experimentação e o não conformismo, levando os indivíduos a conhecer a sua marca única no mundo e expandir as fronteiras através de soluções criativas. 

Historicamente sempre houve uma qualidade mística e espiritual relacionada ao Ultra Violet. Esta cor sempre foi associada a práticas de expansão da consciência, oferecendo uma base mais elevada para aqueles que buscam refúgio deste mundo super estimulado. O uso de iluminação em cores violetas e roxas em espaços de meditação e outros locais de encontro, energizam as comunidades que se reúnem ali e inspiram a conexão.

 “A Cor do Ano Pantone tornou-se muito mais do que uma tendência no mundo do design e da moda; agora é realmente o resultado de uma reflexão e da identificação daquilo que está em falta no mundo atual”, Laurie Pressman, Vice Presidente do Pantone Color Institute.

 A partir da realização que as pessoas pelo mundo se tornam cada vez mais fascinadas pela cor e percebem a sua habilidade em converter mensagens e significados muito profundos, marcas e designers deveriam sentir-se empoderados pelo uso desta cor para inspirar e influenciar. A Cor do Ano é um momento no tempo que oferece uma estratégia direcional para o mundo do design e das tendências, reflexo de um trabalho em tempo integral ao longo do ano do Pantone Color Intitute, fazendo o mesmo pelos designers e pelas marcas. (site pantone)

 

Será!?!?

Em minha opinião particular, ficam algumas questões: Quem escolhe as cores do ano? Isso não é somente marketing da empresa? Porque precisa ter uma cor do ano?

A cor do ano é aquela que te deixa feliz, aquela cor que você gosta, aquela sua cor preferida de quando era criança. Acredito que a forma que vivemos já existem muitos padrões e regras e “ a cor do ano” não é nada mais, nada menos que uma grande ação de marketing.

Veja quais já foram as cores do ano!

E ai se identificou com alguma delas?